terça-feira, 5 de dezembro de 2017

ESTÁGIO DE INVERNO 2017

Este ano o estágio de inverno será novamente na Aiki En em Estremoz.
Como está muito frio, e isto para quem ficar na quinta, sugerimos trazer um ou dois sacos de água quente. Tragam roupa de inverno. Mesmo por debaixo do keikogi, deverão usar roupa forte.

Prevê-se chuva esta sexta-feira e sábado, por isso tragam também proteção contra a chuva.

O estágio será fortemente centrado em técnica básica.





sábado, 16 de setembro de 2017

Estágio de Verão na Aiki En - 2017



Este é o segundo verão em que fazemos o estágio na Aiki En, em vez de Campilhas, como era costume. Isto deve-se a que na quinta agora há muitos animais e por isso não se pode abandonar durante 3 ou 4 dias, para acamparmos em Campilhas.
Embora não tenhamos a barragem para os treinos dentro na água e para desfrutar de nadar, temos na quinta um pequeno tanque que também satisfaz.



Este ano, tal como no ano passado, tivemos uma grande participação de praticantes do dojo de Paris e de Santiago de Compostela. Aliás estiveram os próprios mestres, o mestre Julien Dubergey e o mestre José Veiga, antigos alunos de Morihiro Saito Sensei e de Hitohira Saito Sensei.

Foi num clima de muito calor durante o dia, mas de noites espectaculares com muita luz da lua e muitas estrelas cadentes, que treinámos ferozmente durante durante 3 dias.

No último dia, como estava muito calor para treinar fora os kumitachi, como estava previsto, foi dado a escolher entre hojojutsu e ninja no waza. “Ninja no waza”, gritaram todos em conjunto. E assim foi. Uma hora e meia de treino de técnicas antigas ensinadas pelo grande mestre Morihiro Saito, que todos, pelos vistos, desfrutaram muito.


O estágio realizou-se não só no dojo da Aiki En, como ao ar livre e também no Ginásio Vybe, em Estremoz.

Apareceram alguns antigos alunos e por isso o convívio também foi bom e muito familiar. 

Para o ano há mais.


















Estágio de Lisboa - Junho de 2017



Como é tradição, durante as festas de Lisboa celebramos as mesmas com um estágio nacional.

Desta vez, o tema do estágio foi “Do Kihon ao Ki no Nagare.” Começámos por estudar as diferenças entre o Go no geio, o Ju no Geiko e o Ki no Nagare ou Ekitai geiko.

Como sempre, o básico é que dá lugar ao avançado e por isso é que se começa por treinar o tai no henko que dá seguimento ao ki no nagare.

Muitas vezes quando o Soke Morihiro Saito ensinava ki no nagare, também ensinava uma forma depois do kihon mas antes do kin no nagare, o jutaigeiko. Então durante este estágio fizemos várias formas de Jutaigeiko, também.

Do kihon ao ki no nagare praticámos muitas técnicas, entre as quais:

  • Tai no henko
  • Tai no henko ki no nagare
  • Morote dori kokyu ho
  • Ikkyo a yonkyo
  • Kaiten nage
  • Kote gaeshi
  • Irimi nage
  • Kokyu nage
  • Koshi nage



Os ataques para estudar estas várias técnicas, também foram diferentes: shomen uchi, yokomenuchi, katate dori, muna dori. As diferentes deslocações para aplicar as várias técnicas também  foram estudadas: de baixo para cima, de cima para baixo, por dentro, por fora, entrando...etc.

O estudo em ki no narre é principalmente feito pelos praticantes a partir do 3º Dan. Contudo, convém já ir adquirindo algumas noções, para que seja mais fácil a sua prática quando chegarmos aos exames que exigem ki no nagare.









Estágio de Kumitachi - 2017

Em Maio houve um estágio de Kumitachi onde se estudou quase todas as variações dos 5 Kumitachi, tanto de ken como de taijutsu.

O estágio teve a honra de receber os mestres Alberto Boglio, 6º Dan, Hugo Ribeiro, 6º Dan e José Veiga, 4º Dan, além de outras altas graduações de Portugal.

De lado, também os mais novos treinaram sob a orientação da uchideshi Carolina Cabrera.

Durante a festa, houve cantares e muita alegria. Foi um encontro único entre amigos e praticantes realmente interessados em aprender. As técnicas dos kumitachi e suas variações, são pedidas para os exames de 3º e 4º Dan.

Durante o almoço de confraternização também se celebrou o aniversário do Marko Tomatis que, desta vez, também teve a presença do seu mestre Alberto e da sua sempai Maura.

























ALBERTO BOGLIO SHIHAN EM PORTUGAL - 2017

Alberto Shihan com o seu aluno Marko Tomatis shidoin, no dojo da Aiki En.
Em Maio tivemos a honra de receber o mestre Alberto Boglio, 6º Dan de Italia e professor do Marko Tomatis.

Foi um grande prazer e uma grande honra treinar com Alberto Shihan, que chegou acompanhado da sua aluna de longa data, Maura Dogliani.

Esperamos vê-los de novo em breve.

Alberto Sensei é o segundo grau mais alto na Italia, estando somente o Mestre Alessandro Tittarelli acima dele. A sua técnica, personalidade e humildade são realmente impressionantes. Sentímo-nos muito especiais e orgulhosos de ter recebido esta pessoa tão famosa na nossa quinta.


Alberto shihan e Maura shidoin


Durante a prática de shuriken jutsu

Aulas na Escola Rainha Santa Isabel - Estremoz

Antes do verão começar, recebemos um convite da parte dos professores António e Helena, da Escola Rainha Santa Isabel em Estremoz, para dar várias aulas às suas turmas.

Estas aulas foram muito participadas e tanto alunos como professores, tiveram uma introdução à prática do Aikido. Este tipo de atividade, serve para difundir a nossa modalidade localmente e incentivar os mais novos a praticar o Aikido.

Agradecemos a participação e ajuda preciosa do Nuno Sousa, na altura também aluno desta escola.




O Nuno Sousa, a ensinar os mais novos durante um treino na ERSI


Mudança de horários em Estremoz - Informações sobre a vida de uchideshi

O horário de treino em Estremoz mudou a partir do início deste mês.

O novo horário é:
Sábados das 09h30 até Às 11h30.

O treino continua no Ginásio Vybe, que antigamente se chamava Inshape.

Recordamos que quem queira praticar e que não seja sócio do Ginásio deverá falar com o encarregado/a e pagar uma pequena taxa (costuma ser €5,00). Esta taxa deverá ser paga antes do treino.



Em breve abriremos um horário aqui na Aiki En. Estamos a pensar terça e quinta feira das 18h00 às 19h00, mas ainda está por decidir. 


Aiki En

Durante o mês de Setembro, não serão aceites uchideshi. 


Todos os praticantes devem sempre pedir para ser aceites como uchideshi. Só serão aceites praticantes da APASD que tenham as quotas Associativas e Federativas em dia. 
Os praticantes que não sejam sócios da APASD, deverão primeiramente fazer o pedido conjuntamente com uma carta de introdução do seu professor. Sem carta de introdução, não serão aceites uchideshi.

Pagamentos:
Recordamos que os uchideshi deverão pagar as suas taxas ao chegar, não ao sair. Ultimamente, os uchideshi têm pago ao sair, com a excepção dos uchideshi Franceses que sempre fizeram estes pagamentos de forma correta e atempadamente. Isto está errado e não deve ser feito. O único pagamento feito ao sair é o presente que deverá ser colocado no shomen do dojo.

Recordamos que existem preços para os uchideshi que são sócios da APASD (desde que tenham as quotas em dia) e preços para os não sócios, sejam estrangeiros ou nacionais. 
Faça-se sócio da APASD e da Federação Portuguesa de Aikido, se quiser usufruir dos preços de sócio.

Os pagamentos de permanência e de treino deverão ser entregues dentro de um envelope, logo ao chegar. Por isso, deverão já vir preparados antes de chegar à quinta.

Visitas
Os alunos que venham ficar um só dia, também devem pagar a estadia e fazer o presente de shomen. 

Inscrição
A inscrição é feita uma só vez. Não é necessário fazer uma nova inscrição cada vez que seja uchideshi.

Certificados de uchideshi:
Os alunos que fiquem menos de 5 dias, não terão direito a certificado de uchideshi.

Visitas:
A Aiki En é um local de trabalho e de treino. Se não quiser vir trabalhar ou treinar, por favor não venha para não atrapalhar. Todos os dias existe uma lista de trabalhos para fazer e por isso, ao aparecer como visita, os alunos, se não estiverem dispostos a arregaçar as mangas e a trabalhar, estarão a atrapalhar; consideramos isto muito má educação.
Todos os uchideshi que venham por menos do que 5 dias, deverão trazer e levar de volta a sua roupa de cama, ou dormir com o seu saco-cama, que deverão também levar de volta. Poderão pedir almofadas emprestadas, mas têm de trazer a sua própria fronha.

Domingo:
Aos domingos, não há ensino no Aiki En. Contudo, os uchideshi podem pedir para utilizar o dojo para jyugeiko. Deverão sempre limpar o tatami antes e depois do treino. O domingo, embora não haja ensino, também é contado como dia de permanência no Aiki En.


Exemplos de envelopes de pagamento:

Dinheiro de Toban:

Os uchideshi devem organizar-se de forma a que um uchideshi - normalmente o que já está há mais tempo a viver na quinta - seja o colector do dinheiro para a comida e este dará a devida parte ao uchideshi que seja toban para o dia. Este deverá fazer as compras e cozinhar com este dinheiro. Caso gaste mais dinheiro do que recebeu, deverá assumir estes gastos.
No final da estadia, o último uchideshi a sair, deverá entregar o envelope/bolsa do dinheiro de toban, ao mestre.